3ª Operação Integrada Metropolitana centra esforços na proteção preventiva da mulher

A operação, que visa prevenir potenciais casos de violência e proteger a vida da mulher, foi deflagrada na manhã de quarta-feira (20/3).
Com o trabalho conjunto de forças de Segurança Pública de 34 municípios da Região Metropolitana, sendo as Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (DEAMs), as Patrulhas Maria da Penha da Brigada Militar (BM), Instituto-Geral de Perícias (IGP), Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE), juntamente com o apoio das Guardas Municipais das cidades que integram o Gabinete de Gestão Integrada da Região Metropolitana de Porto Alegre (GGIMPOA), o objetivo da 3° Operação Integrada Metropolitana é mobilizar os órgãos que formam a Rede de Proteção da Mulher, a Rede Lilás, onde atuam equipes capacitadas para lidar com casos de violência contra a mulher.  
A primeira e a segunda edição da Operação Integrada Metropolitana, realizadas nas duas últimas semanas, resultaram em 161 prisões, 38 armas apreendidas e R$ 167 mil em dinheiro sem comprovação de origem, além de diversas ações de abordagens e fiscalização de trânsito. O GGIMPOA, coordenado pelo vice-governador e secretário da Segurança Pública e da Administração Penitenciária, Ranolfo Vieira Júnior, integra o eixo de combate ao crime do RS SEGURO, um dos quatro pilares do programa. O objetivo principal do Gabinete é promover a integração entre órgãos estaduais de Segurança Pública com forças federais e municipais.

Comunicação Social/EMBM
Texto e publicação: Est. Thayná Souza/PM5

Visitantes:
Visitantes: 
Desenvolvido por Departamento de Informática da Brigada Militar© Copyright 2016, Todos os Direitos Reservados