Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Dicas de segurança do 28º BPM

 https://bm.rs.gov.br/consulta-boletim-de-ocorrencia         

 

Violência doméstica contra a mulher pode ser:

- Física: agressões físicas com ou sem o uso de armas, deixando ou não marcas aparentes.

- Psicológica: humilhação, ameaça, insultos, chantagens, vigilância constante.

- Sexual: obrigar a ter relações sexuais, proibir o uso de métodos contraceptivos, forçar gravides.

- Patrimonial: controlar o dinheiro, danificar documentos ou objetos pessoais da mulher, privar de bens e recursos econômicos.

- Moral: expor a vida íntima, acusar falsamente a mulher de traição ou outras condutas que afetem sua índole, desvalorizar a mulher pelo modo como ela se veste.

Lembrando que essa violência não precisa ser de marido contra a mulher, mas sim qualquer violência em razão do gênero, ocorrida no âmbito doméstico, ou seja, o local de convivência da família, tendo laços sanguíneos ou não.

Se você passou ou está passando por qualquer uma destas situações, não se cale, estamos pronto para te ajudar!

Brigada Militar