Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sobre o CABM

O mundo moderno se inseriu no contexto da proteção Ambiental com mais notabilidade a partir da década de 70 quando em Estocolmo foram estabelecidas as convenções que buscavam mudar a consciência Ambiental do mundo.

Mas registros evidenciam que em 1920 o comandante geral da Brigada Militar, Coronel Afonso Emílio Massot, designava uma guarnição para o serviço de policiamento em uma estância em “Irahy”, durante a estação balneária, a fim de evitar a destruição de matas, aves e o abuso de armas de fogo.

Mas o trabalho da polícia de proteção Ambiental se tornou oficial em 5 de maio de 1989 com a criação do Grupamento Florestal ,na época 53 policiais militares foram especializados para a proteção ao meio ambiente, visando atender um convênio do Comando Geral da Brigada Militar com o Ibama. O Grupamento Florestal realizava fiscalizações no Estado em conjunto com técnicos do órgão federal.

Em 1991 começaram a aparecer as primeiras Patrulhas Ambientais - as PATRAMs, em Montenegro, Estrela e Pelotas. O convênio com o Ibama extinguiu em 1993, surgiu então o Esquadrão Ambiental vinculado ao 4º Regimento de Polícia Montada (4RPMon) em Porto Alegre. Ao mesmo tempo que isso acontecia, também foram criadas PATRAMs em diversas cidades.

Em 22 de Janeiro de 1998 foi criado o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) extinguindo o Esquadrão conforme Decreto Lei número 38.107/98. A missão era realizar o policiamento ambiental em Porto Alegre e região metropolitana, preparando o caminho para incorporar as PATRAMs no interior do Estado. Isso ocorreu em 2001 quando o Batalhão Ambiental da Brigada Militar foi reorganizado, atuando em 7 companhias ambientais e agregando todas as PATRAMs.

Em 2000 foi criado a coordenação técnica das PATRAMs em todo o Estado do Rio Grande do Sul pelo Batalhão de Polícia Ambiental através da portaria nº 085/2000. Com a nova reformulação, em 12 de maio de 2005 foi criado o Comando Ambiental da Brigada Militar em três Batalhões Ambientais 1º BABM em Xangri-lá, 2º BABM Santa Maria e 3° BABM Passo Fundo, os três batalhões foram divididos em companhias, pelotões e grupos de Polícia Ambiental que atuam em todos os municípios gaúchos. Atualmente a sede do 1° BABM encontra-se em Porto Alegre.

O CABM foi instalado oficialmente pela portaria do Comando Geral da Brigada Militar nº 179/EMBM/2005 em 15 de julho de 2005, com sede em Porto Alegre, e nesta data se comemora o seu aniversário. Teve como primeiro Comandante o Cel QOEM Juarez Fernandes de Souza.

O Comando Ambiental da Brigada Militar além da prevenção e fiscalização ambiental desenvolve projeto Patrulheiro Ambiental Mirim que teve início em 2004. A formação dos patrulheiros se dá por meio de palestras, vídeos educativos, atividades didáticas e passeios lúdicos com abordagens temáticas relacionadas a flora, fauna, recursos hídricos, ar, resíduos sólidos e cidadania ambiental. Desta forma, o programa de educação ambiental não-formal do CABM se constitui um importante instrumento de gestão que busca sensibilizar a população com hábitos e atitudes preventivas com o meio ambiente.

Comando Ambiental - O Braço Verde da Brigada Militar!

Em busca dos verdes das florestas
A luta para libertar os animais
Santo anjos protegendo a natureza
No combate aos delitos ambientais
[Refrão]Comando ambiental você brilha no estrelado Céu azul
Protetor da flora e da fauna por todo o Rio Grande do Sul
E são destemidos estes homens

Que no combate vencem sempre o malfeitor
Para formar um mundo mais humano
Com justiça, mais saúde e amor (agor)
Das matas renasce a esperança

(((((()))))))

Aos homens e mulheres desta terra
E uma bela Nova era vai chegar

[Refrão]

Brasão Comando Ambiental
Brasão Comando Ambiental

Comando Ambiental da Brigada Militar
Av. Bento Gonçalves, 3850 – Porto Alegre/RS (51) 3339 4568

1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar
Av Bento Gonçalves Nr 3850, Bairro Partenon, Porto Alegre/RS (51) 33206300


2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar
Rua Antonio Gonçalves do Amaral, nº 1100, Bairro São José - Santa Maria/RS (55) 3221 7372

3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar
Rua Sgt Jerônimo Airton Bocalon dos Santos, nº 123 - Passo Fundo/RS (54) 3316 3540

MAPA CABM
MAPA CABM

P1 Primeira Seção - Justiça e Disciplina

A 1° sessão é responsável pelo controle da documentação pertinente ao Batalhão Ambiental competindo ou recebimento distribuição e encaminhamentos inerentes altino funcional da unidade entre várias missões responsáveis pelo estacionamento nas questões relativas a recursos humanos justiça e disciplina e comunicação social.

 

P2 Segunda Seção : Agencia Local de Inteligencia

A 2a Seção é responsável pela atividade de inteligência e contra inteligência, análise da evolução dos crimes ambientais, estratégias para o combate aos crimes contra o meio ambiente, bem como pela informação e assessoramento do Comando.

 

 P3 Terceira Seção  : Operações e Treinamentos

A 3° Seção tem como responsabilidade o planejamento estratégico e operacional do CABM, delimitando um nível tático as ações coordenadas dos batalhões ambientais, que atuam no Estado do RS. Além disso planeja e executa os cursos e treinamento dos policiais ambientais, como também coordena, fiscaliza e processa toda a documentação operacional confeccionadas pelos batalhões ambientais, bem como gerenciar os sistemas informatizados que objetivam facilitar e agilizar o trabalho dos policiais.

P4 Quarta  Seção : Logistica- Patrimonio – Orçamento

A 4 Seção é responsável pelo planejamento e fiscalização dos bens patrimoniais da unidade realizando a gestão da logística finalizar o suporte para atividade operacional.

Origem do 1º BABM “Esquadrão Ambiental do 4ºRPMon ”

 Ao longo da existência da Brigada Militar, nos seus 163 anos, sempre preocupou-se com a fiscalização florestal e de mananciais, porém registramos a origem do Batalhão de Polícia Ambiental, no dia 05 de Maio de 1989, quando a Atividade de Polícia Florestal efetivamente se fez, no Estado do Rio Grande do Sul, por força da ação do Comando Geral da Brigada Militar, por meio de Convênio firmado com o IBAMA, que visava a mútua cooperação para a proteção do patrimônio florestal, faunístico e do meio ambiente do Estado. Mediante esse convênio firmado, o Comando Geral baixou Portaria designando um efetivo de 53 Policiais Militares oriundos das unidades da Capital, para serem treinados a executar o serviço de proteção ao meio ambiente, constituindo o Grupamento Florestal que passou a servir e atuar junto ao IBAMA.

Este convênio que perdurou até 1992, sendo o Grupamento Florestal transferido para o 4º RPMon. Posteriormente, a BM firmou um protocolo com a FEPAM - Fundação Estadual de Proteção Ambiental, visando a mútua cooperação para a proteção ambiental no Estado e a cooperação técnica para capacitação dos nossos servidores, porém este não foi totalmente implementado, deixando de existir em 1993. Paralelamente a esta atividades, iniciavam-se as atuações das PATRAM - Patrulhas Ambientais (Antigas Patrulhas Ecológicas)

A partir de 1992, uma série de normatizações e leis são deliberadas pelo Governador do Estado e Comandante Geral da Brigada Militar que implementam de vez o Policiamento Ambiental , sendo que, um grande número de Oficiais e Praças foram Especializados na área de fiscalização e proteção ambiental através de Cursos, Congressos, Seminários, Palestras, etc...

Em março de 1996, é transferido a sede do Esquadrão Ambiental do Quartel do 4º RPMon, para a Av. Mauá, Nr 8.220, antiga Doca Turística, onde funcionou a sede do Batalhão de Polícia Ambiental, até 07 de Julho de 1999.

Finalmente, em 22 Jan 98, conforme o Decreto Lei Nr 38.107/98 é criado o Batalhão de Polícia Ambiental, com a missão inicial de exercer a Polícia Ambiental na Região Metropolitana de Porto Alegre e preparar a doutrina e estrutura necessária para incorporar as PATRAM do interior do Estado, expandindo sua estrutura e atividades em todo o RS.

Inicialmente contou com o efetivo de 05 Oficiais, 08 Sargentos, 08 Cabos e 40 Soldados que, assim como os meios, foram transferidos do antigo Esquadrão Ambiental, sendo instalado oficialmente no dia 26 Fev 98.

Em 15 de Maio de 2001, o Comandante Geral da Brigada Militar,através da Portaria Nr 100/EMBM/2001, reorganiza o Batalhão de Polícia Ambiental, passando a contar com 7 Companhias de Polícia Ambiental em todo o Estado do Rio Grande do Sul, com sua sede  situada na Av Bento Gonçalves, Nr 3.850, Bairro Partenon, nesta Capital.

Através do Decreto Estadual 43.788 de 12 de maio de 2005, através do Decreto Estadual 43.788 é criado o 1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (1º BABM), com sede em Xangri-lá, e atualmente sua sede é em Porto Alegre.

O 1º BABM é composto por 03 (três) Companhias, 1º Cia Porto Alegre; 2º Cia Capão da Canoa, comandada pelo Cap SELVA e 3º Cia Pelotas, comandada pelo Cap AVELINO, atendendo um total de 142 Municípios, compreendidos entre o Litoral Norte, Área Metropolitana, e Litoral Sul, possuindo um efetivo de 129 Policiais Militares.

Maj Flores
Major QOEM MAURICIO RICARDO VIEIRA FLÔRES

Atualmente o Comandante do 1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar é o Major QOEM MAURICIO RICARDO VIEIRA FLÔRES.

HISTÓRICO DO 2º BATALHÃO AMBIENTAL DA BRIGADA MILITAR

O trabalho de polícia ambiental se tornou oficial em 05 de maio de 1989, com a criação do Grupamento Florestal, formado por cinquenta e três (53) policiais militares treinados para executar o trabalho de proteção ao meio ambiente, visando atender um convênio firmado entre o Comando Geral da Brigada Militar e o Instituto Brasileiro dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).Em Santa Maria, no ano de 1993, foram realizados na sede do 1º Regimento de Policia Montada, Estágios de Especialização em Policiamento Ambiental, capacitando os policiais militares a desempenharem atividades de fiscalização ambiental e, no ano seguinte, em 1994, foram criadas as Patrulhas Ambientais subordinadas as unidades operacionais, momento em que os policiais capacitados iniciaram a fiscalização ambiental. No ano de 2005 foi criado o Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM), instituído pela Portaria nº 179/EMBM/2005, de 15 de julho de 2005, juntamente com três (03) Batalhões Ambientais (BABM), cuja missão é realizar ações de fiscalização e educação ambiental, com sedes em Porto Alegre, Santa Maria e Passo Fundo. Em Santa Maria encontra-se a sede do 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar, comandado pelo Maj QOEM CLADEMIR MACHADO FLORES. O 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar, tem sob sua responsabilidade uma área que abrange 115 (cento e quinze) municípios, dos quais 11 possuem órgãos de policiamento ambiental. Sua sede está localizada na Rua Antônio Gonçalves do Amaral, nº 1100, Bairro São José, Santa Maria, RS.

Major QOEM Clademir Machado Flores
Major QOEM Clademir Machado Flores

No ano de 1989 a Corporação criou o Grupamento Florestal da Brigada Militar, e nos anos de 1991 a 1993 foram instituídas as Patrulhas Ambientais nas Unidades Operacionais, para executarem o serviço de policiamento ambiental. O primeiro comandante da Patrulha Ambiental - PATRAM, do 3º RPMon, foi o Sargento Jerônimo Airton Bocalon dos Santos, que contava com oito soldados.

O 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar foi criado através do Decreto Estadual nº 43.788, de 12 de Maio de 2005, sendo uma das Unidades Operacionais Especializadas subordinada ao Comando Ambiental da Brigada Militar. Sua instalação ocorreu no dia 22 de Junho de 2005 na Avenida Presidente Vargas nº 1501, junto ao 3º RPMon.

O 3º Batalhão Ambiental possui como missões o exercício da polícia ostensiva com ênfase na proteção ambiental, a promoção da educação ambiental não formal, e a fiscalização de obras e atividades que possam causar degradação do meio ambiente.

O 3º Batalhão Ambiental é composto por 03(três) Companhias de Polícia Ambiental, sendo a 1ª (primeira) Companhia com sua sede em Passo Fundo, a 2º (segunda) Companhia na Cidade de Caxias do Sul e a 3º (terceira) Companhia na cidade de Santa Rosa, que desenvolvem através de suas frações as atividades de policiamento motorizado e embarcado. A sua área de ação abrange 239 (duzentos e trinta e nove) Municípios, incluindo as Regiões Norte, Serra, e Noroeste do Estado.

A Unidade inaugurou a sua nova sede nesta cidade no dia 23 de agosto de 2012, situada na Rua Sargento Jerônimo dos Santos n° 123, no Bairro Lucas Araújo, sendo seu atual Comandante o Major QOEM Laudemir da Rosa Gomes.

Major QOEM Laudemir da Rosa Gomes
Major QOEM Laudemir da Rosa Gomes
Brigada Militar