Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sobre o 2º BPAT

O 2° Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (2°BPAT) foi criado por meio do Decreto Estadual Nº 43.447, de 11 de novembro de 2004, e a solenidade de instalação ocorreu em 18 de dezembro daquele ano.

Sua sede é em  Capão da Canoa e sua área de atuação vai além desse município, abrangendo Xangri-lá, Torres, Terra de Areia, Arroio do Sal, Três Cachoeiras, Imbé, Itati, Três Forquilhas, Mampituba, Morrinhos do Sul e Dom Pedro de Alcântara.

Sede do 2º BPAT, em Capão da Canoa
Sede do 2º BPAT, em Capão da Canoa - Foto: Divulgação BM

A missão geral do 2º BPAT é proporcionar segurança aos cidadãos, preservando a ordem pública com ações de polícia ostensiva de forma integrada com a sociedade. Os objetivos do comando são visibilidade, repressão qualificada e o bem-estar dos policiais militares.

Bracelete usado por PMs do 2º BPAT
Bracelete 2º BPAT (Foto Sd Rafael Silva/GCG)

O 2º BPAT conta com um Pelotão de Operações Especiais (POE) e equipes de Forças Táticas, que trabalham nas Companhias com sede em Capão da Canoa, Torres e Tramandaí, formadas por efetivo altamente treinado e habilitado para a utilização de armamento e equipamentos para operações de choque, em condições de atuar em situações de alto risco.

Também possui Patrulhas Maria da Penha e desenvolve os programas Proerd e Formando Crianças para o Futuro.

Viaturas enfileiradas na beira-mar de Tramandaí
Orla de Tramandaí (Foto Studio Paragem)

Locais

Brigada Militar