Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sobre o 5º RPMon

Conforme o Decreto nº 23.246, de 13 de agosto de 1974, a Brigada Militar sofreu uma reestruturação em sua organização e constituição, a qual consta no capítulo III, do artigo XIX, que transforma o 1° Esquadrão de Polícia Rural Montada Independente (1° Esqd R P R MonInd) em 5° Regimento de Polícia Montada (5° RPMon), com sede na cidade de Santiago.

No dia 07 de fevereiro de 1975 foi instalado, ficando considerada extinta a antiga unidade denominada 1° Esquadrão de Polícia Rural Montada Independente. A cerimônia foi realizada com a presença do tenente-coronel Lewiton Luiz Braga, Subchefe do Estado Maior da Brigada Militar (EMBM), representando o Comandante Geral da BM. Na oportunidade, assumiu o comando do Regimento o tenente-coronel Wilson Duarte Prodes, ficando como subcomandante o major Ertose Rico, que comandava a unidade extinta.

O quartel permaneceu instalado no prédio onde antes funcionava o 1° EsqdPRMonInd, em condições precárias, face a falta de espaço para acomodação dos homens e das sessões administrativas.

O Regimento ficou estruturado em dois (2) Esquadrões e um (01) Pelotão de Comando e Serviço. O 1° Esquadrão com sede em Santiago e assim distribuído: 1°, 2° e 3° Pelotões na sede, 4° Pelotão em São Francisco de Assis, 5° Pelotão em Jaguari, 6° Pelotão em São Vicente do Sul. O 2° Esquadrão com sede em São Borja: 1°, 2° e 3° Pelotões localizados na sede, 4° e 5° Pelotões localizados em Itaqui. As cidades de Bossoroca e Santo Antônio das Missões ficaram sediando Grupos Policiais Militares (GPM), a primeira pertencente ao 2° Pelotão de Santiago e a 2ª pertencente ao 2° Pelotão de São Borja. A maioria dos pelotões foi comandada interinamente por Sargentos, tendo em vista que o número de oficiais não era suficiente para preencher todos os cargos existentes no efetivo do Regimento. Foi distribuído para o Regimento um efetivo inicial de 625 homens.

Em 12 de fevereiro de 1985 foi publicado, em Boletim Interno nº 29, o deferimento da proposta do tenente-coronel Murilo Ward Caldeira, comandante do 5º RPMon, para adoção da “Canção do 5º RPMon”, com letra do 1º tenente  José Pedro Ramires Monteiro e música do 1º tenente músico Leandro Reis.

Em 17 de novembro de 1994, pelo Decreto nº 35.648, foi instituído como Patrono da Unidade o coronel Walter Peracchi de Barcellos, passando a chamar-se 5º RPMon “Rgt. Cel.Peracchi”.

Mediante aprovação da proposta do tenente-coronel Dirlei Riograndino Oppa passou a ser considerado 23 de setembro a data de aniversário do 5º RPMon, conforme Boletim Geral nº 44, de 09 de março de 1993.

  

Sedes

 Anterior a 1968, o 1° EsqdRPRMon estava sediado na Rua José Caetano de Melo, Vila Nova, hoje Oficina Jornada.

Em 1968, na Rua Pinheiro Machado, centro, altura do nº 1792.

Em 1969, a Unidade ficou acantonada onde hoje funciona a Escola Estadual Cândido Genro.

Em 1974, transformado em 5º RPMon, mudou-se para a Rua Neri Gomes Peixoto, centro,  onde atualmente está o Corpo de Bombeiros

Em 1983 foi colocada a Pedra Fundamental do novo quartel na BR 287, km 398.

Em 1990 foi inaugurada a nova sede, na BR 287, km 398.

 

Locais

Brigada Militar